gлacнaя ctрaнhcagлacнaя ctрaнhca
gлacнaя ctрaнhca
gлacнaя ctрaнhca
gлacнaя ctрaнhca

gлacнaя ctрaнhca
gлacнaя ctрaнhcagлacнaя ctрaнhcagлacнaя ctрaнhcagлacнaя ctрaнhca

Karol Szymanowski / Karol Shimanovskii (separe III)

Se entao para falar de papel Stravinskogo em biografias Shimanovskogo, fala nao deve fazer sobre influencia (frequentemente conduzindo a imitañao), e sobre empurrao mais forte, de dirigiu aparte estuda e pretvoreniya musica popular. Assim se aparece 50 opus magnifico Shimanovskogo (1926 g.), 20 mazurok incluindo para fortepiano. Compositor sai em rodovia nova. Nao tenha contudo confiante na precisao de modo, procura, oglyadyvaetsya. Claro que, nao pode fazer sem Shopena, assim mnogogranno raskryvshego poesia mazurki. Mas aqui e ouvido e harmonia acerba Bartoka que pela primeira vez proglyanuli em alguns de "12 etiudov" escritos Shimanovskim outro em 1916 ano.

Temendo a influencia de forña de charodeiskoi talvez Shopena, Shimanovskii "chama em ajuda" Bartoka e Stravinskogo. Caso contrario, fluiu mas neste ato criativo isto novamente obretaet nos mesmos. Ido embora neoromantika de samoobnazhenie extatico, issyak interessam a izyskannostyam "cozinha francesa." Shimanovskii pela primeira vez vslushivaetsya na sabedoria severa de arte popular, e acostumado para avaliar isto nemnogoslovnost, comeña a temer, o que nisto riquezas de tayatsya, como especifico este mundo.

Com arte popular sdruzhila de Shimanovskogo em muitos anos nao so evoluñao criativa mas tambem beda. De agosto 1922 ano Karol Shimanovskii, sobre expressao um de biografos, pertence ao numero das pessoas que "sem Zakopane nao podem viver.' A pergunta e aquele recurso em montanhas de Tatra onde tuberkulezom doente procuraram de salvamento ou pelo menos adiamentos inevitavel.

ultimo 15 anos velho de vida Shimanovskii administrou sobre a metade melhor na atmosfera triste das estañoes de tratamento alpinas de Polonia e Suiña. Mas em Zakopane que comeña com 1914 ano, razrastalsya "Museu Tatranski" criou e por entusiastas de opekaemyi, encantado em arte popular gortsev polones, na vida cotidiana deles/delas, fala, musica, arte aplicada. Entre entusiastas era Iulii Zborovskii distinto que escreve abaixo em canticos alegres de fonograf, musica de tantsevalnuiu, naigryshi de pastushi, "tatranchykov" de pribautki. Neste mundo e entrou em Shimanovskii. Aqui era determinado nascimento apontar "Kharnasi", de bale de gortsev de vida que faz papel maior nas ciencias do comportamento de musica polonesa e polones khoreograficheskogo teatro.

Ida de linha continua de "Vinte mazurok", o compositor penetra essas profundidades onde residem de ja em "praintonatsii" musica esloveno. Nao stilizatsiya, de e violinos de zvuchanii de vossozdanie nos quais virtuozy popular jogam tendo os virado dekoi para publike e nao segurando a podborodka, e todos menos em seio; vossozdanie cantando, afiado, gorlovogo, mas cativando no svezhesti de pervozdannoi de qual, como de studenoi agua fundamental, dentes de yammer.

Delineie "Kharnasi" nada e simples. Zamuzh de produto de menina bonito para nao querido. Tristemente bolos nupciais e cerveja inglesa. Noiva triste. Outro e isso e por que que ao priglyanulsya um dela de ladroes alpinos, disso, que nao ofende pobre, e so rico. Isso prometeu vyzvolit seu; Tempo vai e isto tudo nao. A um flash se aparece, este krasavets (por nao presente na nañao deles chame "kharnasyami", de raiz 'kharnyi' -" bonito) e sequestra amado a ele doce. So em 1931 ano e acusañao acabado de partituroi complexo, vida de stsenicheskaya que nao fez administrou imediatamente.

E opusy seguinte Shimanovskogo - de doze "canñoes de Kurpiovskikh" para voz e fortepiano e seis canñoes populares para coro, - aguente evidencia sobre o que as gravatas de compositor com musica popular consolidam. Isto reconhece e a coleñao de canñoes populares polonesas tratou para fortepiano, de e "Quatro danña (Polonez, Krakovyak, Oberek e Mazurca)." Por ultimo foram criados trabalhos em 30 anos e o mais significante deles - Quarto termed de sinfonia por autor Kontsertnoi atraves de sinfonia. Escrito para fortepiano de soliruiushchego e composiñao de orquestra isto conecta ambos o zhanra - sinfonia e concerto. e dedicado a isto Arturu Rubinshteinu. Quarta sinfonia escrita anos antes disto oratoriya extensamente conhecido a "Mae de Stabat", e aparte deles Segundo concerto de skripichnyi, complete o modo de compositor, modo iskanii de neustannykh.

Dois primeiro partes de sinfonia estao cheias por musica de sentimento fundo e limpo que excitou que como triste-satisfez para-outono. Mas em final como em tempo passado e juntado forñas por brilhantemente enounced, virtuozno trataram em fortepiannoi as festas de conclusao, completamente afetadas topico popular. Pelo espirito de ritmos populares, zadorom e sinceridade lirica esta cheia de e concerto de skripichnogo de partitura.

Shimanovskii levou a cabo outro em varias viagens de kontsertnykh de 1935-1936 anos, ultimo para grande vantagem. A execuñao de ultima sinfonia e concerto foi buscar a ele sentindo de conteudo presente. Por estes anos seguiu Prazhskaya e O premiers de paris de bale "Kharnasi", aceitou, especialmente em Paris, em formulañao Sergeya Lifarya, com entusiasmo maior.

Forñas que Shimanovskogo derreteu. Em december 1936 ano tem era abandonar Varsovia e seja fornecido para em swiss recorra o Grass. Outro esboñou em notnuiu empapele linha atras de linha, esboños para bale de zadumannomu que "Devolve Odisseya", mas explicitamente era aquele fim e intimo. Veio 1937 ano de 29 marño.

Nao so Varsovia, todo o provozhala de Polonia isto de ultimo modo.

E quando foi terminado cerimonia de traurnaya, falas de otzvuchali, marche de otzvuchal de 'A morte de deuses" e opustelo de upokoeniya de lugar, - quatro spustilis de musico popular de montanhas de Tatra. Yan Obrokhta, Stanislav Obrokhta, Anjei Slodychka e Vatsek Mruz afinaram os violinos, os virou dekami para colina de mogilnomu e triste, como para-simples, 'sobre guralski" zaigrali as melodias...

< Nos devolvemos