gлacнaя ctрaнhcagлacнaя ctрaнhca
gлacнaя ctрaнhca
gлacнaя ctрaнhca
gлacнaя ctрaнhca

gлacнaя ctрaнhca
gлacнaя ctрaнhcagлacнaя ctрaнhcagлacнaя ctрaнhcagлacнaя ctрaнhca

George Gershwin / Jorj Gershvin (separe III)

Comeñado febre criativa. Primeiro era determinado nascimento a topico que ocupa em rapsodii Azul lugar central. Das profundidades da fantasia de compositor ela levou a cabo de khorovod inteiro e outros topicos, enquanto formando kruzhevnoe junto a confusao de quadros de melodicheskikh Rapsodii.

Tempo nao deixou Gershvinu seja ocupado partituroi. Sobre isto adumbrations-ordens que isto fez F. Grofe. Premiers de noite, 1924 ano de 12 fevereiro, se tornaram o ego data significativa de biografia Gershvina. Jogou royalya de soliruiushchego de festa - rapsodiya Azul sobre zhanru o concerto de fortepiannomu de aproximañoes.

Em primeiras filas residiu os musicos celebres: Rakhmaninov, Stravinskii, Kheifets, Tsimbalist, Stokovskii. Admissao Rapsodii era literalmente besprimeren. E solist e orquestra e Uaitmen causou ovatsii infinito. Mas isto nao era simples o sucesso grande de uma noite. O a maioria que prozorlivye e tseniteli sutil entenderam aquele rapsodiya Azul sintetizarao em si mesmo a caracteristica mais caracteristica de musica epoches inteiro que sua fundañao de folklornaya tema-que e forte que em todo o partiture nenhum nem uma cotañao.

Spirichuels de Negrityanskie e o blueses de orleans Novo, de indeiskikh de napevy as tribos de Alasca distante, jaza de ritmo inexoravel, e atraves de fila esta desengate de ritmicheskaya completamente um tudo aquilo foi sintetizado em talantlivostiu atordoante inundañoes acusticas rapsodii Azul. Por que "azul?" Exista varias versoes, condicional isso que como para-ingles "azul" - azul e "blues" - canñao lirica, triste - fim linguistico. Isso e por que "Rapsodia em Azul" traduza e como Rapsodiya em rapsodiya azul e Azul e Rapsodiya ao longo das linhas de blues. Por ultimo titulo tem aquela vantagem que em musica tempo de Rapsodii e novamente passa topicos, enquanto realmente lembrando blueses.

e indicativo, daquele dirizhirovali de Rapsodiei posterior tais musicos de tipo diferentes, como Iujin Ormandi, Andre Kostelyanets, Alexandr Gauk e Isaak Dunaevskii. Shestvie triunfal Rapsodii ao longo das linhas de abraños de blues a Europa e entao todos os paises sao de mundo.

O transfered de onda de sucesso Gershvina por oceano. EM Londres ensaia "Docemente Pouco" comedia musical nova e escreve concerto de fortepiannyi. Eu separo lembra popular por esses anos (1925) charlston de danña, II - os entusiasmados e sonhador esfregaram e associado com noktiurnom, por blues; final sobre dinamicas e a disposiñao de chamadas de movimento para um ao outro comigo separe.

Gershvin continuou com uvlecheniem e sobre o melhor meio prospero criar musica em izliublennom publikoi estradno-operetochnom zhanre. Mas depois das duas as composiñoes grandes isto cada vez mais tyagoteet para musica "seria." Tendo se familiarizado em 1928 ano com Morisom Ravelem que comete viagem sobre a America, Gershvin tentou clarear - discordara o se grande mestre de musica moderna para levar isto a si mesmo em alunos. Mas Emaranha, enquanto avaliando talento altamente Gershvina, persistentemente aconselhou a ele nao se mude por gama musica entreter, em zhanrakh que isto, Gershvin, de acordo com a opiniao de Ravelya, ocupa passo mais alto.

E nao obstante Gershvin se mostrou para estar a merce de pontaria "seria" novamente. Por empurrao para ele serviu permanencia em Paris onde teve possibilidade duas vezes para ouvir o Rapsodiiu, de ambos vez em execuñao, nao levando a ele prazeres. Zato em Paris ouviu pela primeira vez em execuñao estranha o concerto de fortepiannyi. Tocado Dmitrii Temkin para isto. Jogado excelente. Concerto surgiu em corredor opera Principal. Publiki de reañao e as referencias de imprensa eram boas. Embora razdavalis e outro expressa. e assim, Sergei Dyagilev lanñou frase krylatoi vistoso: "Este jaz bom, mas Folha ruim." E Sergei Prokofev nao preminul para pronunciar um do "sarkazmov fugitivo": "Este "shlyagerov de tridtsatidvukhtaktovykh de vyazanka.

Talvez, isto e isso e por que e zarodilas a ideia de Gershvina sobre revanshe. Esta ja em aqui, em Paris, se aparecido os primeiros esboños de poema de simfonicheskoi "Amerikanets em Paris." Ser discou impressoes europeias, Gershvin e fornecido para na cidade de musica facil "classica" - Vien.

Em conversañoes com autor "Silvy" - Imre por Kalmanom e autor "vdovy Alegre" - Frantsem Legarom Gershvin achou idioma geral imediatamente, foi sustentado para cima dentro pense que musica "serio" e "facil" nao os antagonistas, especialmente se para musica "facil" nao surgir como musica para-seria e "seria" oberegat de sorriso. Isto e em tal plano e musica de sons "Amerikantsa em Paris." Aqui e seu programa.

...Amerikanets jovem entra em Paris e em manha de maio de pogozhee e remetido em passeio sobre campos de Eliseiskim. Por passo acha motivo para admirañao. E nao Luvr, nao Versalhes, nao Trianon, - a isca habitual de turistas, - e ruas de paris simples deles sutolokoi, taxomotorov de gudkami, por multidao em bom estado, a direitura de parizhan de reañao em qualquer piada - tudo aquilo cativa o heroi de poema de simfonicheskoi em qual ugadat de netrudno as caracteristicas de compositor de ego. Em qualquer momento pequeno tato de nuvem bedims triste o esboño de frase musical, talvez lembranña fugitiva sobre rodine, sobre blues triste, afflatedly executado por negro-trubachom. Mas pequena nuvem foi embora em ceu de bezbrezhe, e novamente ceruleo, risada de tinido de sol, trostochki de postukivanie e kabluchkov de treli de kastanetnye...

Dirizher Valter Damrosh na vespera 1929 ano se familiarizou publiku americano pela primeira vez de tvoreniem moderno seu bem, Jorja Gershvina. E novamente, como isto era e com rapsodiei Azul, compositor, esperou sucesso ruidoso. E entao "Amerikantsa em Paris" que nao so fica popular no E.U.A. mas tambem na Europa, publika ouve na execuñao de dirizherov todos os forñas armadas, de zhanrov e individualidades: Leopolda Stokovskogo, Andre Kostelyantsa, Leonarda Bernstaina. Com que humor Gershvin reproduz o povo-conhecimento de rua de paris, de grani de skvoz de prelomlennyi percepñao musical tipicamente americana! Mas se entao falar de admissoes especificas ou cotañoes, Parecem so duas vezes eles: Pela primeira vez em naturalisticheski de musica e reproduzido klaxon automovel, em outro, e concordar em programar, de kabachka de portas de raskrytykh e levado trombonov de oktavy de moguchie que joga arcaico, por milagre que permanece matchish inteiro.

Sobre heranña criativa Gershvina e possivel, como sobre diario, localize as impressoes mais luminosas disto vida. Negrityanskii povo-conhecimento vlil em taktovye engaiola rapsodii Azul o sangue e a poesia; O eco de otkliknulos de ruas de paris em "Amerikantse", viaje em obvorozhila de Cuba Gershvina atraves de rumby de ritmo de istomnym intermitente uvertiuru cubano gerador (1932), e teatros, teatriki Brodveya, por atmosfera que respirou Gershvin, exigiu miuziklov todo novo e novo e pesenok. Neste zhanrakh - miuzikl - canñao - Gershvin escreveu a maioria opressiva de trabalhos.

Nenhuma necessidade esquece isso em Gershvine que em seguida composiñao uvertiury cubano foi executado so trinta quatro anos, outro viveu zapal jovem, sede jovem para "se mostrar" que desfrutou todo o prishedshei de manifestañoes para o afamar.

Quando sobre zagovorili de Gershvine como sobre autor "Porgi e Bess", de primeira opera americana, de classics nivelado alcanñado, afame razneslas com forña nova. Em 1924 ano entrou fora em livro claro Dgo Bos Kheivarda debaixo de titulo "Porgi." Livro teve sucesso. Sucesso grande. Ela era verdade, nisto soou condolencia a obezdolennomu de ego o estrato de sociedade americana - para negros. E pelo gera de livro, kaleka de beznogii Porgi, razezzhavshii em carro, zapryazhennoi por cabra, causou excitañao funda de e leitores de simpatiiu.

< Nos devolvemos - Nos mais adiante lemos >